Texto

     Aquele que crê possuir a verdade erra em não se preocupar em procurá-la.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Maringá: PMs são condenados a 6 anos

De Fábio Guillen na Gazeta Maringá:

O júri popular dos dois policiais militares de Maringá acusados do homicídio de um jovem de 21 anos, em 2004, no Conjunto Santa Felicidade, terminou por volta das 23h50 de ontem. Os policiais militares Willian Motta e Hélio Reis foram condenados a seis anos de prisão a serem cumpridos em regime semiaberto. Depois de aproximadamente 16 horas de júri, por quatro votos a três, eles foram condenados por homicídio simples. “Maringá não tem colônia penal para que eles cumpram a pena em semiaberto. Nesse caso, cabe agora ao juiz decidir como executar a pena aos dois. É uma vitória importante pela grande dificuldade que se tem de levar casos como estes até o final”, disse o advogado da família da vítima, Avanilson Alves Araújo. Leia mais...

O site Maringá Manchete disponibiliza fotos e vídeo, veja aqui.

1 Comentários:

Anônimo disse...

Enquanto os criminosos terem mais direitos que os policiais, a nossa Maringá vai se perder no meio da bandidagem.
Tomara que a PM não troque mais tiros com ninguém. Os advogados de bandidos e o pessoal dos "direitos humanos" que procurem solução para a criminalidade.