Texto

     Aquele que crê possuir a verdade erra em não se preocupar em procurá-la.

quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Contas tiveram aprovação ‘apertada’

As contas da deputada foram aprovadas em decisão apertada do TRE do Paraná, em 13 de dezembro de 2010. Elas foram aprovadas com ressalva, com votos vencidos dos juízes Marcelo Malucelli e Auracyr Azevedo de Moura Cordeiro; o voto de desempate foi da desembargadora Regina Afonso Portes. O promotor eleitoral responsável pela análise das contas das eleições de 2010 foi Laércio Januário de Almeida, que também chefia o Gaeco em Maringá. Em março a PGR-PR e o MP sugeriram a instauração de inquérito, arquivada dois meses depois. Maria Aparecida Borghetti declarou ter recebido R$ 1.436.415,43 em doações para a campanha passada, a maior parte vinda de hospitais que realizam tratamento contra o câncer, empreiteiras que atendem a prefeitura e cargos comissionados da prefeitura comandada pelo cunhado, Silvio II. Leia mais aqui e aqui.

0 Comentários: