Texto

     Aquele que crê possuir a verdade erra em não se preocupar em procurá-la.

sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Mais uma ação contra Barbosa Neto

A Promotoria de Justiça de Proteção do Patrimônio Público de Londrina ajuizou hoje ação civil pública por ato de improbidade administrativa contra o prefeito Barbosa Neto, o então secretário de Gestão Pública, Marco Cito, o ex-procurador geral do Município, Fidelis Canguçu, a empresa Proguarda Administração e Serviços Ltda. e seu responsável, Marcelo Macedo da Fonseca. Conforme relata o MP na ação, os três agentes públicos teriam, deliberadamente, concedido um aumento de verba no contrato firmado entre a empresa e o município, através de um aditivo contratual irregular. Isso teria implicado no gasto indevido de R$1.143.817,05 dos cofres municipais. É a quarta ação por improbidade proposta pelo MP-PR contra o prefeito desde o início do ano. Leia mais...

0 Comentários: