Texto

     Aquele que crê possuir a verdade erra em não se preocupar em procurá-la.

domingo, 23 de outubro de 2011

Haverá surpresas nas urnas em 2012?

Sabe aqueles candidatos que todo mundo vota por achar engraçado pelo jeitão, tipo ou aparência? Ou aquele que candidato polêmico que os eleitores votam por revolta? Pois bem, a probabilidade de um destes candidatos ganhar é muito grande, como foi o exemplo do Palhaço Tiririca, que hoje é deputado federal. Em Sarandi já temos o nosso, que poderá causar surpresa nas urnas em 2012. Resta esperar para vermos as propostas que ele irá apresentar após a candidatura.

3 Comentários:

Anônimo disse...

Não acho certo esta forma de votar, por que o cara é palhaço, ou polêmico. Não acho certo a forma de votar como repúdio, ou como protesto. Não acho certo a forma de votar por alguns míseros tostões. Não acho certo a forma de votar por algumas migalhas em troca. O povo esta mais alfabetizado politicamente, do meio das grandes massas surgem novos lideres a cada dia, em busca de mais dignidade e qualidade de vida para a classe proletária, pois é a classe que precisa dos politicos, afortunatos abastados, nadam sobre o vil metal, não precisam de ajuda de vereadoresou de outro tipo de ajuda que venha de cargo eletivo pelo povo. Sarandi em sua maioria é habitada por pessoas simples e pobres, porém trabalhadoras, mas se engana quem acha que esta maioria ainda são analfabetos politicos, as idéias cresceram muito, o povo está politizado, e esta eleição de 2012 mostrará isso. Deveremos dar valor a quem realmente tem valor.

Anônimo disse...

Nada no mundo é estático, tudo está em constante transformação, numa certa etapa do seu desenvolvimento, as forças produtivas materiais da sociedade entram em contradição com as relações de produção existentes ou, com as relações de propriedade no seio das quais se tinham até aí movido. Ocorre então uma época de revolução social. [26]ante processo... Presidente-Operario/Palhaço-Deputado Federal... Quiçá, Melancia-Vereador!

Anônimo disse...

Com toda essa baboseira, quem paga o pato é o povo.
O povo inocente, que vota com a barriga e quem vai pela cabeça dos outros.
Isso ainda vai acabar.
Nem Melão, nem Melancia.
Nem palhaço, nem palhaçada.
Nem operário, nem metalurgico.
O povo está sendo esfolado.
Deve-se mesmo exigir o miniom de escolaridade dos candidatos, para que eles tenham opinião própria e deixe de ser marionetes nas mãos do espertalhões da politica.