Texto

     Aquele que crê possuir a verdade erra em não se preocupar em procurá-la.

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

O Gaeco não deu moleza

Veja abaixo o caso do vereador de Colombo, Joaquim Gonçalves de Oliveira (PTB), conhecido como Oliveira da Ambulância, que foi preso em flagrante no dia 25 de agosto pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) dentro do próprio gabinete na Câmara de vereadores.

De acordo com as denúncias apresentadas ao Gaeco, o vereador é acusado de se apropriar de parte dos salários de três dos seus assessores, que recebiam cerca de R$ 3,9 mil por mês cada. Segundo o Ministério Público do Paraná (MP-PR), Oliveira exigia que os assessores retirassem o pagamento do banco e entregassem o valor integral a ele. O vereador repassava cerca de R$ 1,2 mil aos funcionários. Oliveira foi detido no momento em que os assessores entregavam o dinheiro a ele na Câmara de Colombo. Leia mais sobre o assunto aqui e veja abaixo o vídeo do flagrante e da tentativa de justificativa de Oliveira.

0 Comentários: