Texto

     Aquele que crê possuir a verdade erra em não se preocupar em procurá-la.

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Tentando justificar

O ex-prefeito Cido Spada, que ontem, dia 11, chamou Administração Trabalho e Transparência de QUADRILHA voltou a postar em seu microblog no Twitter na tentativa de justificar o injustificável.

 Cido Spada 

Para os amigos que se doeram, assistam o vídeo e tirem suas conclusões, pra quem criticava o Milton e acabou saindo de vice!!! há 16 horas

6 Comentários:

Sargento Baradel disse...

é Cido, o que da nojo na politica é que ainda existe alguns políticos que negocia até com o Diabo e vendem até a própria mãe para vencer uma eleição, mas eu tenho fé em Deus que um dia a Politica Brasileira ainda vai ser seria. Se a carapuça serviu para alguns políticos, eu não poço fazer nada, pois sou um humilde cidadão Sarandiense, mas a nossa justiça ta de olho nesses maus políticos.

Pedro disse...

Baradel para mim você foi um péssimo vereador e o Cido Spada um péssimo prefeito, pra mim vocês deverian ir embora dessa cidade.

Sargento Baradel disse...

É Pedro se eu tivesse sido péssimo eu não teria me elegido três vezes consecutivas e nunca gastei nada e todas as vezes fui bem votado e com votos de verdadeiros amigos e você será que foi eleito alguma vez ou nem coragem teve de ser candidato; pois nem o nome completo coloca, deve ser Pedro Bosssssssstttt.

Anônimo disse...

Sonolento você nao tem moral para caluniar o Cido Spada, porque vivia falando o mesmo quando naõ era CC do De Paula

Reginaldo Souza disse...

É impressionante como tem uns cidadãos que não são homens de falar na cara o que pensam das pessoas. Mas é assim mesmo, assim que conhecemos as pessoas.

Anônimo disse...

Através do seu blog Sonambulo quero parabenizar o Sargento pelo seu comentário referente aos atuais políticos, pois da nojo mesmo e também parabenizar pela resposta que deu ao Pedro o qual disse que baradel tinha sido um péssimo Vereador é amigo Pedro, você bem que mereceu essa resposta, não acompanha politica da nisso.