Texto

     Aquele que crê possuir a verdade erra em não se preocupar em procurá-la.

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Fundo Rotativo versus Polícia Civil

Denúncia de desvios em delegacias reuniu cúpula da Polícia Civil

Por  Fábio Campana

Na edição de hoje (20/05/2012), o jornal Gazeta do Povo publica matéria sobre a destinação de recursos do Fundo Rotativo da Polícia Civil para Delegacias de Polícia que já não existem ou não funcionam. Denúncia grave. A cúpula da Polícia Civil reuniu-se pela manhâ para examiná-las.

O delegado-geral Marcos Vinicius Michelotto diz que responderá sobre cada um dos casos apontados. Ele explicou que a lei que estabeleceu o Fundo Rotativo – FUNEP – determina a liberação do dinheiro diretamente do Tesouro para cada delegacia. Cada delegado é o gestor responsável. A direção do Fundo Rotativo foi substituida recentemente para levantar a situação herdada do governo antertior em cada delegacia. Amanhã, segunda-feira, Michelotto deverá dar entrevista coletiva sobre o assunto, quando deverá mostrar as investigações internas e as punições que já realizou. A matéria que segue é da Gazeta do Povo.

Há 10 anos, apenas insetos e animais peçonhentos frequentam a casa de madeira tomada pelo matagal entre as ruas Getúlio Vargas e João Vidal, em Guaraqueçaba, no Litoral do Paraná. As janelas sem vidro inteiro, as tábuas caiadas, o mato crescido, tudo confere ao lugar um aspecto mal assombrado. Mas o que assombra não é a visão da estrutura prestes a desabar e sim o sumiço do dinheiro direcionado à manutenção dessa repartição pública. A casinha de aparência macabra deixou de ser uma delegacia há uma década, mas ainda assim consumiu R$ 153 mil do fundo rotativo da Polícia Civil nos últimos oito anos. Leia mais...

0 Comentários: