Texto

     Aquele que crê possuir a verdade erra em não se preocupar em procurá-la.

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Prefeito afasta secretário investigado pelo MP

Ministério Público de Porto Alegre entrou com ação contra o secretário de Obras e Viação, Adriano Gularte, e contra o vereador eleito Cássio Trogildo (PTB) por suspeitas de uso da máquina pública na campanha eleitoral de 2012.
Foto: Zero Hora

O prefeito José Fortunati (PDT) determinou o afastamento do secretário municipal de Obras e Viação, Adriano Gularte, depois de o Ministério Público entrar com ação contra ele e contra o vereador eleito Cássio Trogildo (PTB) por suspeitas de irregularidades na campanha eleitoral. Os dois teriam usado a estrutura da secretaria, que foi comandada por Trogildo, para obter vantagens na eleição. Na ação, o MP pede a cassação da diplomação de Trogildo e sua inelegibilidade por oito anos e a inelegibilidade de Gularte, que assumiu a pasta quando Trogildo se afastou para concorrer à Câmara de Vereadores.

Em nota oficial divulgada no começo da tarde, a prefeitura informou que o "município, por meio de sua Procuradoria-Geral, colaborou desde o início do processo instaurado pelo MP, fornecendo todos os esclarecimentos e informações acerca das questões levantadas". Fortunati também solicitou "criteriosa avaliação dos procedimentos relativos à execução de obras e serviços nas comunidades".

0 Comentários: