Texto

     Aquele que crê possuir a verdade erra em não se preocupar em procurá-la.

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Vereadora é presa por falso sequestro

Vereadora desaparecida desde o final da tarde de terça-feira (1) em Ponta Grossa foi atendida na Santa Casa de Misericórdia de Ponta Grossa no início da tarde de ontem (2). Por volta das 20 horas de ontem (2), Ana Maria Holleben Mello teve a prisão em flagrante. O motorista dela, Idalécio Valverde da Silva, o irmão dele, Adauto Valverde da Silva e a esposa de Idalécio, Susicléia da Silva, também estão presos. Reginaldo da Silva Nascimento, primo de Idalécio, está foragido e é procurado. Todos responderão por falsa denuncia de sequestro e formação de quadrilha.

O caso

O suposto sequestro aconteceu por volta das 18 horas da ultima terça-feira (1). Ana Maria havia acabado se retirar do Cine-Teatro Ópera, em Ponta Grossa, onde participava da cerimônia de posse dos eleitos em 2012.

O caso estava sendo investigado pelo Grupo Tigre de Curitiba - especializado em sequestros.

Na manhã de ontem (2), duas pessoas foram detidas pela polícia e encaminhadas para a 13ª Subdivisão de Polícia. Uma delas é o motorista da vereadora Ana Maria de Holleben, que estaria com ela no momento do sequestro. Do teatro, Ana Maria seguiria para a Câmara de Vereadores onde aconteceria a eleição para a presidência da Casa. A sessão foi paralisada.

Fonte: Diário dos Campos

0 Comentários: