Texto

     Aquele que crê possuir a verdade erra em não se preocupar em procurá-la.

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Como funciona o esquema? Eu explico.

O superfaturamento de obras e o direcionamento de licitações.

Sabem como funciona o esquema? Funciona assim:

1 - Grandes empreiteiras financiam as campanhas políticas;
2 – O financiado se estabelece no planalto;
3 – Lá, já alojado em um belo gabinete, sabe da disponibilidade de recursos para determinados setores;
4 – Chama os financiadores de campanha e avisa onde está o dinheiro (verbas para emendas de deputados estaduais e federais) e quais são os destinos (municípios);
5 – Os avisados (deputados estaduais e federais) vão para os municípios e avisam temos um dinheiro em Brasília e projeto para liberação, querem? Relacionam ainda o trânsito fácil, as influências e eticétera;
6 - O município abre a licitação. Quem avisou do dinheiro, convida mais duas empresas amigas, combinam os preços e vence;
7 – Fazem o rodízio das empresas, a que venceu aqui, perde acolá e assim vai;
8 – No meio da execução do projeto, surge um aditivo de 25% (por conta de uma rã manca encontrada numa pequena poça d’água).

É isso...

Claro que os ministérios não fazem a licitação, só avisam onde está o dinheiro e como tirá-lo de lá.

O resto fica por conta dos financiadores de campanha (grandes empreiteiros).

Esse é o ciclo vicioso do Sistema.

0 Comentários: