Texto

     Aquele que crê possuir a verdade erra em não se preocupar em procurá-la.

domingo, 22 de maio de 2011

Sarandi: MP de olho na Câmara

O rolo das diárias

O Ministério Público de Sarandi causou um alvoroço, na tarde de ontem (20), ao solicitar ao presidente da Câmara Municipal de Sarandi, Rafael Pszybylski, a relação dos gastos com diárias dos "nobres" vereadores, de janeiro a maio de 2011. Segundo consta, tem vereador gastando uma fortuna em diárias. Será?

Versão de um vereador

Um vereador nos ligou ás 13:36 deste domingo (22) para dar sua versão dos fatos, segundo o vereador, trata-se na verdade de uma investigação que partiu de uma denúncia feita ao Ministério Público contra o vereador Roberto Grava pela "turma do MM". O denunciante alegava que o vereador Roberto Grava supostamente teria usado verbas do gabinete para ir ao Paraguai. Segundo consta, o caso já teria sido resolvido e Grava teria provado que não usou as verbas. O Ministério Público teria pedido apenas a relação das diárias referentes ao mês de Março de 2010.